Uncategorized

Primeira Parceria do Canal

Olá Brasil!

Preciso falar uma coisa para vocês! Nosso canal do Barbarizando conquistou nossa primeira parceria #carambaqueorgulho.

A Times Square é uma agência de viagens especializada em seguro viagem. Eles me contataram para que pudêssemos fazer um vídeo juntos… eita! Já estou contado o conteúdo do vídeo!

Corre lá para assistir que está INCRÍVEL!

Beijos, amo vocês!

Anúncios
Barbarizando por aí...

1000 Inscritos no YouTube!! #semana1k

Galeraaaaa!

O Canal do Barbarizando está crescendo! Sim! Semana passada completamos 1000 inscritos e eu não estou me cabendo  de felicidade. Uhuuuulll!! Eu tenho canal há algum tempo mas, peguei firme nesses últimos messes e estou colhendo meu primeiro fruto: o reconhecimento de vocês!

Pensando na comemoração, porque aqui a pessoa curte uma festa, fiz uma votação com vocês lá no Instagram, perguntando o que vocês queriam na programação do Canal para celebrarmos esse momento. As opções foram: Uma TAG, para saberem mais sobre mim; uma LIVE para conversarmos ao vivo ou UMA SEMANA inteira de vídeos no canal. Já sabem qual venceu né? Vocês gostam de me ver trabalhando né? hahaha

Então, lhes informo que AMANHÃ COMEÇA A #SEMANA1K NO CANAL!

Fica ligadinho no meu stories, que vou avisando vocês o horário certinho de cada postagem. Vai rolar vídeo de beleza, vlog, de intercâmbio e tudo mais que vocês adoram ver por lá!

TEASER 01.jpg

Espero por vocês! Beijos, Babu**

Barbarizando por aí... · Comportamento · Inspiração

Decisão

Decisão é algo que nos acompanha a todo momento. Está no trabalho, na escola, em nossos relacionamentos e numa série de outras áreas da vida. Falando um pouco de mim, desde criança, sempre fui indecisa (eu era/sou chata pra caramba!). Nunca tinha certeza de nada e fazia de tudo para adiar momentos em que eu precisaria abrir mão de uma coisa, em detrimento de outra. A opinião dos outros sempre teve muito peso pra mim e ouvir o que elas tinham a dizer sobre minhas possibilidades sempre me pareceu bem sensato (tolinha).

Eu era daquelas que demoravam horas na loja pra decidir entre o vestido florido ou o verde com bolinhas brancas… E o pior, eu decidia mas que não largava o osso. Ficava pensando sobre como a vida teria sido, caso tivesse escolhido B ao invés de A. (bizarro!) E hoje vejo o quanto isso não faz bem.

Ser indecisa me trouxe feridas. Me trouxe oportunidades perdidas. Ansiedade. Me trouxe insegurança, por querer me validar e me provar o tempo inteiro. Planejar é bom mas executar é fundamental. Executar é pura decisão! Hoje, percebo que o tempo que perdi pensando, poderia ter sido usado errando, aprendendo e recomeçando.

Mas, nunca é tarde! Entendi ao longo da vida que, lidar de forma mais natural com o erro é a melhor saída para se tornar uma pessoa mais decidida. Analisar a situação em todos os âmbitos (profissional, familiar, financeiro, social ) é sensato mas, me dar prazos para decidir me tornou mais ágil e me fez ser mais pé no chão. Pensar em alternativas é fundamental mas, ficar criando 500 caminhos com uma possibilidade remota de acontecerem só serve pra queimar os miolos.

Aprendi a preservar minha opinião e a respeitar minha intuição, que muitas vezes é quem mais sabe e acerta sobre mim, ao invés de validar com os outros. Entendi que não se pode ser e ter tudo, e que viver é um risco constante. Hoje, sei que escolher não escolher também é uma escolha. Independente de você, o mundo gira. Ah! As pessoas nem se importam tanto assim com a nossa vida, não conceda a elas um direto que não as pertence: o de decidir!

A maior lição de tudo isso, e que precisamos sempre ter em mente, é que precisamos estar atentos para que nossas decisões sejam realmente nossas, ou o máximo nossas possível (afinal, nosso contexto social exerce grande influência em nossas decisões). Nos comparar e esperar a perfeição nos deixa mais distante de realizar nossos sonhos…

OIAinda estou longe de ser alguém bem resolvida e super auto confiante, pode apostar. Mas me desconstruo sempre, tentando melhorar. Certo ou errado, quem decidiu foi eu, com meus critérios, minhas análises, minhas crenças e valores. Essa segurança, em acreditar em nossas decisões e que somos capazes, é o que mais nos conforta quando erramos e o que mais nos orgulha quando acertamos.

O mundo cheio de gente que impaca… A gente precisa fazer parte dos que andam, dos que enfrentem, dos que criam! Demore o quanto precisar mas, calcule as consequências do seu tempo. Quando decidir, vai e mete as caras!

imagem 01.jpg

(Estava na dúvida sobre postar esse texto mas, decidi dividir com vocês!)

Comentem aqui embaixo algo que vocês se orgulham de ter decidido! Vou adorar saber!

Beijos, amos vocês. Babu**