Sobre o Amor

 Sobre o Amor

Sobre-o-Amor

Hoje ouvi uma música interpretada pela Maria Gadu e 5 a Seco, Em Paz, e comecei a pensar no amor… No sentimento que alimenta minha vida e que me faz viver todos os dias.

O amor é tão inteligente que se faz em forma de mãe, de namorado, de irmão, de música, de poema, de luz e Deus. O amor é tão poderoso que une. É tão forte que perdoa. É tão lindo que te faz apaixonar. É tão sincero que te faz sorrir. É tão humano que te faz chorar.

Eu amo. Mas não é uma escolha minha. Não é uma escolha de ninguém. É natural, quando vejo, já sinto. Já amo. Vem de repente, mas, pode vir com o tempo, com os aprendizados, com as tentativas e insistências. Me prende a alguém ou algo mas, me liberta dos medos. O amor preenche vazios. Nutre a rotina. É ele quem fecha nossos olhos em um beijo. Ele e a paixão nos fazem ter borboletas na barriga e sonhar acordado. É ele que nos motiva a continuar.

Quem ama vê beleza. Quem ama esquece defeitos. Quem ama sabe agradar, ceder e exigir. Quem ama aceita o outro. Quem ama abraça, aperta, morde e quer estar por perto. Quem ama sabe do que estou falando e pode explicar até melhor do que eu. Quem ama sente saudade, liga, não espera atitude do outro. Faz. Por amor. Faz porque quer ver bem, porque quer sorrir junto. Porque a alegria do outro é a sua alegria também.

Só ama quem se ama. Quem se gosta. Se entende, respeita e valoriza. Quem tem amor transborda nas atitudes, nas ideias e no olhar. Quem tem amor no coração brilha, se destaca e tem força. Amar é tão bom. E ser amado? Maravilhoso.

O amor é inexplicável, é incerto, inacabado, indefinível e tudo o que eu jamais poderei mensurar. Mas é algo que eu nunca, nunca mesmo, quero deixar de sentir, oferecer e receber.

Para sempre amor.

Beijos Babu**


Anúncios