Como fiz pra beber mais água?

O verão está aí e a necessidade do nosso corpo manter-se hidratado aumenta ainda mais. A água tem um papel fundamental para nossa existência [ eu sei que você ja sabe dissoooo!]. Mas eu preciso listar algumas razões pra você entender ainda mais essa importância: ela ajuda na drenagem natural e eliminação de resíduos e toxinas corporais, mata a sede, ajuda a melhorar o aspecto de nossa pele, diminui o cansaço e a dor de cabeça ( causados pela desidratação) e se tudo isso ainda não foi suficiente pra te convencer, água também ajuda na formação de músculos e facilita o emagrecimento!

Quando voltei da viagem de intercâmbio fiz uma série de exames clínicos e em função dos resultados levei maior bronca da minha médica. Uma delas, foi por não beber água como deveria. Sabendo que para melhorar o resultados dos meus exames, que serão repetidos agora no mês de janeiro (2018), eu teria que tomar as rédias da minha saúde de uma vez por todas, resolvi rever alguns dos meus hábitos.

IMG_8880

Fazendo isso, cheguei a conclusão que eu não bebia água por puro esquecimento e que quando lembrava estava tão focada em alguma atividade que, acabava deixando pra depois e esse momento se perdia ao longo do meu dia.

Para resolver o problema, inicialmente coloquei em minha agenda alguns lembretes. O ponto é que isso começou a cair na minha rotina e em uma semana eu já estava ignorando as notificações do celular e continuava sem beber água.

No final das contas, vi que não bebia água por falta de motivação. Pois mesmo sendo lembrada, não parava o que estava fazendo para cumprir com a atividade em questão (beber água)!

Foi aí que encontrei a solução!!

Fui numa lojinha dessas de R$1,99 e encontrei uma garrafinha de água com capacidade de 1L. Comprei porque tinha um formato de galão de água, daqueles grandes de filtro e era rosa. Achei uma graça e levei sem saber que tinha comprado minha salvação.

CUIDADO, PODE PARECER MUITO OBVIO MAS, NÃO É TÃO SIMPLES QUANTO PARECE!

Com a garrafinha em mãos percebi que poderia tentar mais uma estratégia para resolver meu problema de falta de água. Daquele dia em diante, comecei a encher minha garrafinha pela manhã e a tomar apenas a água vinda daquela garrafinha ao longo do dia. E funcionou!!!

Usando essa técnica eu:

  1. pude contabilizar a quantidade de água que eu estava tomando. Ela tem o tamanho perfeito pra mim, pois beber “duas garrafinhas” me fariam chegar na medida ideal necessária para um dia;
  2. passei a carregar minha garrafinha para praticamente todos os cômodos da casa e em muitos casos fora de casa também. Essa praticidade me fez beber mais água, porque estava sempre ao meu alcance;
  3. minimizei o número de copos de louça;

IMG_8879_Facetune_11-01-2018-14-59-57

Moral da historia!

Hoje bebo MUITO mais água! Experimenta e me fala!

Beijos e até a próxima!

Decisão

Decisão é algo que nos acompanha a todo momento. Está no trabalho, na escola, em nossos relacionamentos e numa série de outras áreas da vida. Falando um pouco de mim, desde criança, sempre fui indecisa (eu era/sou chata pra caramba!). Nunca tinha certeza de nada e fazia de tudo para adiar momentos em que eu precisaria abrir mão de uma coisa, em detrimento de outra. A opinião dos outros sempre teve muito peso pra mim e ouvir o que elas tinham a dizer sobre minhas possibilidades sempre me pareceu bem sensato (tolinha).

Eu era daquelas que demoravam horas na loja pra decidir entre o vestido florido ou o verde com bolinhas brancas… E o pior, eu decidia mas que não largava o osso. Ficava pensando sobre como a vida teria sido, caso tivesse escolhido B ao invés de A. (bizarro!) E hoje vejo o quanto isso não faz bem.

Ser indecisa me trouxe feridas. Me trouxe oportunidades perdidas. Ansiedade. Me trouxe insegurança, por querer me validar e me provar o tempo inteiro. Planejar é bom mas executar é fundamental. Executar é pura decisão! Hoje, percebo que o tempo que perdi pensando, poderia ter sido usado errando, aprendendo e recomeçando.

Mas, nunca é tarde! Entendi ao longo da vida que, lidar de forma mais natural com o erro é a melhor saída para se tornar uma pessoa mais decidida. Analisar a situação em todos os âmbitos (profissional, familiar, financeiro, social ) é sensato mas, me dar prazos para decidir me tornou mais ágil e me fez ser mais pé no chão. Pensar em alternativas é fundamental mas, ficar criando 500 caminhos com uma possibilidade remota de acontecerem só serve pra queimar os miolos.

Aprendi a preservar minha opinião e a respeitar minha intuição, que muitas vezes é quem mais sabe e acerta sobre mim, ao invés de validar com os outros. Entendi que não se pode ser e ter tudo, e que viver é um risco constante. Hoje, sei que escolher não escolher também é uma escolha. Independente de você, o mundo gira. Ah! As pessoas nem se importam tanto assim com a nossa vida, não conceda a elas um direto que não as pertence: o de decidir!

A maior lição de tudo isso, e que precisamos sempre ter em mente, é que precisamos estar atentos para que nossas decisões sejam realmente nossas, ou o máximo nossas possível (afinal, nosso contexto social exerce grande influência em nossas decisões). Nos comparar e esperar a perfeição nos deixa mais distante de realizar nossos sonhos…

OIAinda estou longe de ser alguém bem resolvida e super auto confiante, pode apostar. Mas me desconstruo sempre, tentando melhorar. Certo ou errado, quem decidiu foi eu, com meus critérios, minhas análises, minhas crenças e valores. Essa segurança, em acreditar em nossas decisões e que somos capazes, é o que mais nos conforta quando erramos e o que mais nos orgulha quando acertamos.

O mundo cheio de gente que impaca… A gente precisa fazer parte dos que andam, dos que enfrentem, dos que criam! Demore o quanto precisar mas, calcule as consequências do seu tempo. Quando decidir, vai e mete as caras!

imagem 01.jpg

(Estava na dúvida sobre postar esse texto mas, decidi dividir com vocês!)

Comentem aqui embaixo algo que vocês se orgulham de ter decidido! Vou adorar saber!

Beijos, amos vocês. Babu**

Tudo Sobre Malta: 10 curiosidades!

Olá pessoal, como estão?

Hoje vim compartilhar com vocês o primeiro vídeo da série TUDO SOBRE MALTA, que será composta por 3 ou 4 vídeos (ainda decidindo) lá no canal Barbarizando Blog. Muita gente está curiosa para saber um pouco mais sobre o intercâmbio, valores, opiniões e eu acho importante compartilhar minhas percepções com vocês.

Me considero uma pessoa privilegiada, por conseguir realizar esse sonho. Ele é fruto de muito trabalho, uma vez que meus pais não tinham e não têm condições financeiras de me proporcionar essa realização. Sei que muita gente sonha com isso e espero de verdade poder inspirar alguém a dar esse passo na vida que, sem dúvidas, está me tornando uma pessoa diferente e melhor ( segundo eu mesma). 

Chega de lero-lero e bora para o vídeo. Beijos. Amo vocês!

CAPA.jpg