Barbarizando por aí... · Viagens

Um rolê pela Bélgica! #INTERCAMBIO EP.05

Oi Pessoal,

Rolou vídeo novo no canal e vocês são os primeiros a saber, claro!! Na verdade não, hahaha, quem é inscrito no canal recebe primeiro todos os vídeos que eu posto lá, tinha me esquecido! Por isso corre lá se inscrever!  😉

Nessa fase de intercâmbio, temos aproveitado a proximidade dos países para poder viajar e conhecer novos lugares. No feriado de Páscoa, achamos passagens a um preço camarada e embarcamos para maaaaais um destino incrível. Dessa vez fomos para a Bélgica.

Localizada entre a França e a Alemanha, ao circular pelas ruas é muito fácil ouvir esses dois idiomas. Com uma arquitetura típica da Europa, com prédios muito rebuscados e detalhados, Bruxelas é uma cidade muito aconchegante e perfeita para um turismo gastronômico e cultural.

Foto 01

Fomos na primavera e mesmo assim o clima estava bem gelado. As previsões do tempo eram desanimadoras, que nos apontavam chuvas o dia todo e até algumas pequenas tempestades. Mas, sortudos que somos, fomos surpreendidos por um clima seco e com isso pudemos andar tranquilamente pela cidade.

Foto 07

Imagem8

Diferente de Barcelona, para a Bélgica fizemos um roteiro mais simplificado de pontos turísticos. Queríamos mesmo era provar as delícias tão famosas que só ouvíamos falar como: o waffle, as cervejas, a batata frita e é claro os chocolates.

Foto 06

Foto 04

Fomos recebidos positivamente pelos belgas, achei o pessoal bem educado e gentil. Obviamente não calorosos como os brasileiros mas, vocês entenderam né? Os atendentes eram simpáticos e realmente provamos sabores incríveis! É engraçado como a cerveja realmente faz parte da cultura do país. Lotada de bares e PUBs, podemos ver jovens e velhinhos no bar, jogando conversa fora e tomando uma boa gelada. Que na verdade, nem é tão gelada assim.

Uma outra vantagem de ir para a Bélgica é poder provar diversos sabores de cerveja a um preço justo. A a garrafa de cerveja Delirium, por exemplo,  custa em torno de R$70 no Brasil. Na Bélgica encontramos um Kit com 4 garrafas e um copo personalizado da marca por €18, o equivalente a R$63. Fora as cervejas como Duvel, que você encontra nas geladeiras tipo Coca-cola, Skol… Por €1,50!!!

Foto 02Nos hospedamos num hotel perto da estação de trem. Muito delícia!! Não era na região central mas, era possível ir caminhando tranquilamente.

Nas ruas mais turísticas o policiamento é muito forte e por isso me senti bem segura ao andar por lá, até mesmo a noite.

___________________________________________________________________________________________

DICA: no aplicativo do Google Maps, é possível fazer download do mapa das cidades. Com isso, você consegue visualizar as rotas e caminhos mesmo sem Internet. Ah! Não esqueçam Nós sempre deixamos nossos celulares e baterias bem carregados, para que esses imprevistos sejam resolvidos bem rapidinho! 

____________________________________________________________________________________________

Não preciso nem dizer que gostei muito da cidade, né? Certamente voltaria e recomendo a visita. Espero que tenham curtido o post pois, só quem visita o blog recebeu essas dicas e descobriu os detalhes da viagem!

Vão lá conferir o vídeo! Beijos, amo vocês!

 

Anúncios
Barbarizando por aí... · Inspiração

Vlog Barcelona Parte 01 #intercambio Ep.02

Galeraaaa!

Saindo mais um vlog fresquinho da viagem que fiz para Barcelona. Publiquei várias fotos em minhas redes sociais, vocês viram? Hum! Espero que sim! Caso não, no vídeo vocês verão cada detalhe! Ah! E essa é a primeira parte, a segunda sai logo menos, ok?

Nesse vídeo, vocês verão a visita aos principais pontos turísticos. Espero MUITO que gostem, pois fiz com muito carinho. Eu sempre sonhei em visitar essa cidade e dividir um pouco desse momento com vocês é incrível.

Obrigada por me acompanharem e acreditarem no conteúdo que desenvolvo aqui!

Amo vocês. Beijos!

Lá vai!

Barbarizando por aí... · Inspiração

Conhecendo Natal – RN

Oi pessoal, td bem?

Estou de férias e fiz uma viagem para Natal – RN, com meu irmão. Passamos alguns dias descansando e também visitando lugares lindos. Como algumas pessoas me pergutaram como foi, o que tem para fazer lá e talz, achei que seria interessante compartilhar essa experiência com vocês. Ah! Para não ficar muito extenso, vou explicar resumidamente sobre os passeios e no final darei algumas dicas! Vamos lá?

Passeios

Aqui, comentei sobre os passeios que ja fiz e vou citar os que não fiz, ok?

  • Buggy  ( vou escrever assim) – Dunas Douradas e Genipabu

O passeio de buggy é um dos mais procurados em Natal. Geralmente, o carro te busca no hotel/pousada por volta das 8h da manhã e no máximo 16h retorna. Custa em média R$480 por carro, o que dá R$ 240,00 por casal ou R$120,00 por pessoa.

O buggy passa por praias maravilhosas, visita lagoas para banho e possibilita tirar fotos de tirar o fôlego. Para quem gosta de aventura, o passeio conta com muita “emoção”, onde o piloto faz diversas manobras radicais nas dunas e arranca gritos da galera. A paisagem é linda e o trajeto deixa a gente mais encantado ainda com a cidade. Além disso, nas paradas é possível descer de tirolesa ou “esquibunda” e se banhar em águas doces.

Existem várias agências que fazem esse passeio. Nós fizemos com a Luck, uma conveniada da Tam. Caso façam com outras, verifiqyem se o buggy é credenciado e confirmem o trajeto que ele fará, pois, alguns agem de má fé e pulam parte do passeio.

  • Punaú

O passeio de Punaú nos custou R$76 por pessoa, saímos por volta das 8h e retornamos as 15h. Visitamos uma área de preservação, que é como se fosse um hotel fazenda. Há um rio que cerca a propriedade, onde é possivel se banhar (uma delícia) e ver peixinhos. Tem tirolesa (R$ 5), “esquibunda” e passeio de quadriciclo (R$30 p/ pessoa) que, sem dúvidas, foi um dos melhores passeios que fizemos. O local tem um visual muito lindo e tranquilo. Consideramos um passeio bem completo, pois, atende quem quer aventura e quem quer sossego, cerveja e vento no rosto. A foto abaixo é de  lá:

Natal 08

  • Galinhos

Galinhos é uma vila de pescadores que fica numa região mais isolada de Natal. É, sem dúvidas, o passeio mais cansativo que fizemos. Saímos por volta das 7:30 e voltamos por volta das 19h. Para chegar até lá é necessário um ônibus e um barco, que atravessam diversos vilarejos.

Natal é uma das maiores produtoras de sal do país, e nesse passeio poderemos ver a salinas. A vista é maravilhosa, o almoço do passeio é uma delicia e as paisagens são lindas. Além da vista em si, é possível fazer um passeio de buggy e de charrete, cobrados individualmente. As paradas para banho são em praias quase que desertas para relaxar e tomar um sorvete. A foto abaixo é a entrada do restaurante da Dona Irene.

Natal 06

  • Maracajaú

Fiz esse passeio em uma outra visita para Natal, há uns 3 anos. É um passeio bem gostoso. Custa cerca de R$60 reais por pessoa e você visita os corais a bordo de um Catamaran. Pela manhã, fizemos um city tour, onde conhecemos algumas igrejas, o Cajueiro ( que é o maior do mundo) e em seguida fomos para a praia. Entramos na embarcação e percorremos o mar com uma paisagem linda, rumo ao “mergulho”( coloquei em aspas porque a água bate nos joelhos). O passeio inclui colete salva-vidas, óculos e snorkel para que possam ver os peixes e animais aquáticos da região. Como sou medrosa, não aproveitei muito e não vi muitos peixes, por isso não repeti o passeio nessa viagem.

Natal 09

  • Pipa

Esse passeio também não fiz nessa viagem, e sim na outra vez que fui. O velarejo é rústico e muito calmo. O trajeto do passeio tem várias paradas e entre elas poderemos ver as lindas falésias e a praia do amor para tirar bela fotos. O clima é muito tranquilo e dizem que durante a noite a região fica muito charmosa e iluminada, com muitos bares e baladinhas. Pagamos cerca de R$100 por pessoa.

  • Demais passeios

Além desses passeios que descrevi acima, existem outras opções como: João Pessoa, Bahia Formosa e Forró com Turista.

Dicas

  1. Em Natal, o Sol nasce muito cedo.Por volta das 5:30 da manhã ele nasce e 17h se põe.
  2. As refeições para uma pessoas servem duas pessoas. As refeições para duas servem três ou quatro… e assim por diante.
  3. Não comprem artesanatos em Pipa, são caros!
  4. Usem protetor solar o tempo todo, reforcem nas áreas que as vezes esquecemos: peito do pé, atrás da orelha e na careca ( aos que são).
  5. Bebam bastante água e usem óculos escuros com proteção.
  6. Não importa o lugar, em Natal a Coca Cola sempre está estupidamente gelada, a cerveja nem tanto…
  7. O povo de Natal é muito fofo, sejam pacientes.
  8. Bebam Hula Hula, é um drink local. Tem quem ame e quem odeie. (hahaha)
  9. Comam: quenguinha, castanha caramelizada e visitem o restaurante Farofa D’Água.
  10. Muitos restaurantes têm serviço de transfer, que buscam no hotel depois do jantar levam de volta.  Aproveitem!

Pessoal, espero que tenham curtido o post. Comentem o que acharam e se já visitaram ou querem visitar Natal compartilhem comigo as experiências. Ah! Dúvidas, podem me procurar!

Bjs. Babu**

Redes sociais:

Instagram: @ba_babu | YouTube: Barbarizando Blog | Página do Facebook: Barbarizando Blog